Cajado da Redenção - Capítulo 02

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Cajado da Redenção - Capítulo 02

Mensagem por Gamesmenezes em Sex Abr 04 2014, 22:16

Bem ai está o cap2, espero que gostem mas antes avisos.

Aviso 1: Essa fic é ficou um pouco maior que o meu padrõe, ou seja é longa.

Aviso 2: Essa fic assim como "Projeto Keidran" só tem personagens o originais.

Aviso 3: Essa fic não tem nada de comédia, é completamente séria.

Aviso 4: Eu disse que era longa? Desculpe, eu quis dizer que é um "Senhor dos Anéis" da vida.

Cajado da Redenção
Capítulo 02

      -(Túlio): Bem nesse caso, venha comigo, tenho que visitar um amigo aqui na cidade.

      Túlio e Jéssica caminham por alguns minutos na cidade, quando ele para em frente a uma
casa e diz:

      -(Túlio): É aqui...

      Ele então bate a porta e um homem a abre um pouco, apenas o suficiente para espiar e ver
quem é.

      -(Homem): Ah, Túlio, meu amigo! Como foi a viagem? Vejo que tem uma bela
companhia...

      Diz ele abrindo por completo a porta e mostrando por completo seu rosto de meia idade,
seu cabelo preto penteado para trás, e bigode. Suas vestes eram de tecido rubro e branco, parecia
ser um conjunto de blusa colete e calças (Blusa: branca, Colete e calças: rubro) e sapatos de
couro marrom claro.

      -(Túlio): Também é bom te ver, Valter.

      -(Valter): Bem, entrem, fiquem à vontade.

      A casa de Valter era grande, a sala principal era quase toda rodeada de altas prateleiras
recheadas de livros, em certos pontos da sala haviam 3 poltronas e no meio de tudo uma mesa.
Nela haviam tinteiro com uma pena, folhas de papel espalhadas na mesa e um livro fechado.

      Valter caminha até a mesa e pergunta:

      -(Valter): Então, o que achou?

      Túlio se aproxima da mesa tirando algo do bolso.

      -(Túlio): Bem, segundo as escrituras que você me deu, havia algo perto de Wreathwood. Eu
achei isso dentro de uma caverna submersa enquanto mergulhava na praia de lá.

      O que Túlio tira do bolso é uma espécie de lasca azul. Que logo Valter pega e a olha muito
de perto.

      -(Valter): Bem, pelo que descobri até agora é que o cajado é formidavelmente poderoso,
mas ainda sim tem suas limitações, ele só pode ser usado uma única vez por aquele que o tenha.

      -(Túlio): Certo, algo mais?

      -(Valter): Sim, ele é muito mais antigo do que imaginávamos, mais antigo que a própria
humanidade. E isso que você achou, não é uma lasca, é uma escama.

      -(Túlio): Espera ai, você está dizendo que o Cajado da Redenção foi criado, por dragões?
Qual seria a utilidade de um cajado para um dragão?

      -(Valter): Eu não sei, talvez eles não tenham feito para si...

      -(Túlio): Certo, se os dragões o fizeram, eles devem o ter.

      -(Valter): Eu conheço essa cara, está tramando algo não é?

      -(Túlio): Bem acho que já incomodei o suficiente por hoje... Até mais.

      Túlio e Jéssica se vão da cidade após almoçar em uma taverna. Não demorou muito para
que ela perguntasse:

      -(Jéssica): Então, onde estamos indo?

      -(Túlio): Quando meu pai era um templário ele fez alguns bons amigos, um deles ainda o
devia alguns favores. Vamos a Universidade Templária do Oeste e cobrar um favor.

      A viagem levou algumas horas, e lá chegando foram abordados por um guarda templário.

      -(Templário): Alto lá... Ah, é você, Túlio... O que quer aqui?

      -(Túlio): Preciso falar com Édmund...

      -(Templário): Ele não está aqui, foi para Knockford hoje de manhã.

      -(Túlio): Obrigado, bem, parece que a viagem vai ser longa.

      Passado alguns minutos de caminhada Túlio resmunga.

      -(Túlio): Droga...

      -(Jéssica): O que foi?

      -(Túlio): Não esperava que a viagem fosse se estender e não peguei uma segunda barraca.

      Algumas horas de viagem seguiram, eles acamparam a beira de North Mere.

      -(Jéssica): Então, parece que você é bastante conhecido entre os templários...

      -(Túlio): Isso graças a meu pai e meu avô. Meu avô impediu que uma grande quantia de
ouro fosse roubada dos cofres templáres. Os ladrões estavam dentro do cofre, com os pés
afundados em moedas de ouro, foi quando ele lançou um raio no ouro e deixou todos
inconscientes.

      -(Jéssica): Espera, foi o mesmo que você fez com seu escudo, não é?

      -(Túlio): Sim, e agradeço a meu pai por me contar essa história.

      -(Jéssica): E quanto a ele?

      -(Túlio): Ele ganhou certa reputação por ir contra alguns princípios templáres e abandonar a
instituição.

      -(Jéssica): Você tem uma família e tanto em...

      -(Túlio): E você? Qual sua história?

      -(Jéssica): Eu não tenho nada demais para contar, família normal, pessoas normais.

      -(Túlio): Sério? Então por que saiu de casa?

      -(Jéssica): Era um tédio, eu queria uma aventura, e agora estou tendo uma.

      -(Túlio): (Pensamento) Será que ela também quer o Cajado da Redenção? Mas pra que?

      Jéssica começa a tirar seus calçados falando.

      -(Jéssica): Meus pés, estão me matando...

      -(Túlio): Desculpe te fazer caminhar tanto.

      Logo ele nota que ela tem um tipo de pendente amarrado no tornozelo dela.

      -(Túlio): Belo pendente, mas porque não está no pescoço?

      -(Jéssica): Eu tenho um motivo especial para não usar no pescoço...

      -(Túlio): E suponho que não me dirá.

      -(Jéssica): Certo.

      -(Túlio): Bem, acho que preciso de um tempo sozinho. Essa história de um cajado feito por
dragões vem me perturbando desde que partimos.

      Disse Túlio se levantando e indo em direção a lagoa levando consigo uma toalha.

      -(Jéssica): Como pode dizer isso? Você passa dias sozinho!

      -(Túlio): É, mas eu preciso fazer algo para essa história. Então a não ser que queira me ver nu, não me siga.

      Jéssica ficou sozinha por alguns minutos.

      -(Jéssica): (Pensamento) E agora, será que poderei esconder dele até acharmos o cajado?
Tudo bem que ele não faria mal se ele soubesse, mas ele poderia ficar magoado por esconder isso dele. Bem já que cedo ou tarde ele vai descobrir, vou contar a ele. Mas isso pode ser um
choque, e se a doença da magia não for a única? Não, não seria tão provável.

      -(Jéssica): Vou contar a ele!

      Túlio estava voltando de seu banho, ele já havia colocado as calças e calçado as botas.
Estava prestes a vestir a túnica. Quando Jéssica o vê.

      -(Jéssica): (Grito de espanto)

      -(Túlio): EU DISSE PARA VOCÊ NÃO ME SEGUIR!!

      -(Túlio): (Pensamento) Droga, eu sabia que não poderia esconder por muito tempo.

      -(Jéssica): (Espantada) O... O... O seu... Seu braço...

      Como vocês devem imaginar, não era a toa que Túlio mantinha seu braço esquerdo
completamente coberto. Seu braço INTEIRO estava coberto por uma mancha negra, tal mancha
que estava quase espalhando seu domínio para o tórax.

      -(Túlio): Não é segredo que eu usava magia em meu treinamento, e nem que preciso usar
em minhas viagens Mas algo que é para ser um segrede, é que tive que usar muitas vezes magia
negra para sobreviver. Já não sinto meu braço.

      Foi o que disse Túlio após Jéssica se acalmar e irem ao acampamento.

      -(Jéssica0: Bem, pelo menos você não sente dor...

      -(Túlio): Isso é o pior, eu posso estar com um osso a ponto de quebrar ou com algum
problema no músculo e nem se quer saber. Já não conheço mais os limites de meu braço. Sabe o
que é perder totalmente a noção de profundidade de um membro? Não é fácil de lidar.

      Túlio estava andando pela floresta, sozinho, quando vê em sua frente uma aura negra. A
aura se expande, isso o faz correr para longe da aura, mas ela continua crescendo e anexando
tudo a seu domínio. Ele corria rápido, mas a mancha crescia ainda mais rápido. Não demorou
para que a mancha o alcançasse e o engolisse.

      Era apenas um pesadelo. Ele acorda com respiração ofegante deitado de costas para Jéssica.
Ele se senta virado para a parte de fora com as pernas separada, os joelhos levantados, a cabeça
baixa, os braços em volta das pernas e uma mão direita segurando a esquerda.

      -Túlio: De novo esse pesadelo...

      Quando ele repara, o pendente de Jéssica a esquerda de seu pé esquerdo. Então ele olha
para o lado e vê... Nas vestes dela, uma keidran raposa. Túlio então tira sua espada da bainha, e
com o braço esquerdo toca no ombro dela dizendo:

      -(Túlio): Ei, você keidran...

      Ela começa a acordar. Se vira lentamente para ele dizendo de forma sonolenta:

      -(Keidran raposa): Ahm, Túlio do que está falando... Por que a espada?

      -(Túlio): Escuta, eu não quero te machucar, então responda: Onde está Jéssica, a garota que
estava deitada ai?

      -(Keidran raposa): (Ainda sonolenta) Túlio, está louco...

      Ela estica seu braço em direção ao ombro dele quando vê e se espanta. Ela olha para seu
braços assustada por um instante, olha para seus pés e olha para o pendente. Então ela começa a
falar.

      -(Keidran raposa): (Desesperada) Espera, Túlio! Sou eu, a Jéssica! Eu posso explicar, eu
posso explicar! Só... Só não me machuque...!

      -(Túlio): Eu ainda devo estar dormindo...

      -(Keidran raposa):(Mais calma) Não, não está... Eu posso explicar...

      -(Túlio): Então explique...

      -(Keidran raposa): Eu nasci keidran, eu e meus dois irmãos... Nossos pais furam mortos
quando tentamos fugir da família que nos mantinha escravos. Eu ainda era um bebe quando isso
aconteceu. Meus irmão deviam ter 3 anos... Conseguimos fugir para wreathwood, onde um bom
homem nos abrigou, e nos tratou como seus filhos. Quando o mais velho dos meus irmãos
completou 6 anos, o homem deu a cada um de nós um desses pendentes, disse que devíamos
usar o tempo todo, para não termos de nos passar por escravos ou sofrermos preconceito. E nós
vivemos normalmente dês de então.

      -(Túlio): É difícil acreditar. Ele criou esses amuletos?

      -(Jéssica): Não, ele disse que foi presente de um amigo.

       -(Túlio): (Pensamento) Quem teria poder para isso? Tanto poder assim só seria possível...
Com o Cajado da Redenção. Mas não, há muita magia que eu não conheço talvez alguém possa
ter feito sem o cajado.

      Túlio põe a espada de volta na bainha e diz:

      -(Túlio): Agora entendo tudo. Você quer viajar comigo por que acredita que o cajado da
redenção pode te tornar humana para sempre e não ter que temer preconceito. E Você usa o
amuleto no tornozelo pois assim não pode ser visto nem arrancado e como ficará dentro do seu
calçado não cairá já que está amarrado no tornozelo.

      -(Jéssica): Sim você realmente entendeu...

      Túlio abre um pequeno sorriso e fecha os olhos.

      -(Jéssica): O que foi?

      -(Túlio): Eu sempre achei raposas lindas... Boa noite.

      Ele se deita virado para cima com as mãos sobre o estômago.

      Ela também se deita e sorri.

      -(Jéssica): Boa noite.

      PS: Jéssica não tem nem uma relação com Raine ou Euchre na estória.



Então é isso ai galera. Tivemos revelações mais reveladoras que revelação de fotografia de maquina fotográfica que usava filme. (Alguém é dessa época como eu?)
VALTER, DEVOLVE MINHA ESCAMA!


Última edição por Gamesmenezes em Qui Jan 21 2016, 20:18, editado 4 vez(es)
avatar
Gamesmenezes

Mensagens : 2030
Data de inscrição : 02/04/2014
Idade : 22
Localização : Canoas - Rio Grande do Sul

Ver perfil do usuário http://gamesmenezes.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cajado da Redenção - Capítulo 02

Mensagem por Giovana TK em Sex Abr 04 2014, 23:46

Kkkk ficou muito boa, é realmente baseado em Twokinds não? Só que ao invés de ser um tigre, a garota é uma raposa, o cara tá procurando um cajado e não tem cabelo azul! XD tá otima a história!

__________________________
Enaria's Theme- by me:
Run,
Run away,
Because the rain wont last,
Never looking back,
The past is in the past.


Dont shout out,
When nobody will hear or see,
Howl your last song to the moon,
And your spirit will fly wild and free,


You shall never cry,
For the Sun going down,
The stars do also shine,
So rest and dream for now,
I will be guarding you,
Tomorrow's Silver Dawn.


DeviantArt: http://gi-wolf.deviantart.com

avatar
Giovana TK

Mensagens : 4279
Data de inscrição : 13/02/2014
Idade : 18
Localização : No meu amado navio, o Kraken's Death.

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cajado da Redenção - Capítulo 02

Mensagem por Gamesmenezes em Sab Abr 05 2014, 00:05

esse post contem spoiler desse cap
Spoiler:
putz, esqueci de explicar como o amuleto foi para o chão =/

__________________________

→ Segundo tradutor da comic.
→ Escritor de 3 fan-fics.
→ Pixel-Arter.
→ Teórico.
E de vez em quando tradutor de minikinds.
avatar
Gamesmenezes

Mensagens : 2030
Data de inscrição : 02/04/2014
Idade : 22
Localização : Canoas - Rio Grande do Sul

Ver perfil do usuário http://gamesmenezes.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cajado da Redenção - Capítulo 02

Mensagem por J.O.H.N. em Sab Abr 05 2014, 09:43

Cara essa história ta mt boa, e a melhor parte é que vc vai postando os capitulos ao contrario de um cara aqui que parou no primeiro e até hj não se viu a outra parte ¬¬

__________________________
Undercover:
''Ya gotta be ruthless, boy, then, it'll all be easy, I'm telling ya.''

~Said the man wearing sunglasses and a stilysh set of clothes, to the grey wolf in a long coat~

''Got it, got it.... Okay then, Greg, we'll arrive there, and get the attention, but.... What's next?''

~Asked the wolf to the man~

''Next? We don't count the next, it's the mysterious part, dude, that's why it's fun! Gottit?''

''Yeah, 'kay, let's get this over with.''

''Thaaaaaaaat's what I'm talking about, punk! Let's send a message to that ol' Creator man, to the WHOLE Counsil, let's get our revenge!''

~The wolf shrugged at the whole situation and followed the man, he knew he had a mission, and it wasn't the one Greg was planning~

-Chapter 53, Greg's Anger-


avatar
J.O.H.N.

Mensagens : 3073
Data de inscrição : 12/02/2014
Localização : Na cidade de Townsville.

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cajado da Redenção - Capítulo 02

Mensagem por Silvestres catus em Sab Abr 05 2014, 09:50

nossa que legal! esta historia esta ficando no minimo épica, e como eu dize... o que faltava era uma raposa kkkkk

__________________________
"As pessoas que dizem não ser fofas,na verdade são as mais fofas" -Silvestres catus

Mew
avatar
Silvestres catus
Admin

Mensagens : 2313
Data de inscrição : 11/02/2014
Idade : 19
Localização : rio de janeiro,no bairro-não-keidran

Ver perfil do usuário http://tkbr.criarforum.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cajado da Redenção - Capítulo 02

Mensagem por Gamesmenezes em Sab Abr 05 2014, 10:33

estou postando rápido pq to bem inspirado. Ontem fiquei des de as 14:00 h escrevendo até mais ou menos as 22:00 h. Mas quando a inspiração passar... dai vai demorar pra sair algo bom.

__________________________

→ Segundo tradutor da comic.
→ Escritor de 3 fan-fics.
→ Pixel-Arter.
→ Teórico.
E de vez em quando tradutor de minikinds.
avatar
Gamesmenezes

Mensagens : 2030
Data de inscrição : 02/04/2014
Idade : 22
Localização : Canoas - Rio Grande do Sul

Ver perfil do usuário http://gamesmenezes.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cajado da Redenção - Capítulo 02

Mensagem por Gamesmenezes em Dom Abr 06 2014, 14:16

Em instantes postarei o cap3

__________________________

→ Segundo tradutor da comic.
→ Escritor de 3 fan-fics.
→ Pixel-Arter.
→ Teórico.
E de vez em quando tradutor de minikinds.
avatar
Gamesmenezes

Mensagens : 2030
Data de inscrição : 02/04/2014
Idade : 22
Localização : Canoas - Rio Grande do Sul

Ver perfil do usuário http://gamesmenezes.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cajado da Redenção - Capítulo 02

Mensagem por Gamesmenezes em Qui Jan 21 2016, 20:43

Capítulo revisado.

__________________________

→ Segundo tradutor da comic.
→ Escritor de 3 fan-fics.
→ Pixel-Arter.
→ Teórico.
E de vez em quando tradutor de minikinds.
avatar
Gamesmenezes

Mensagens : 2030
Data de inscrição : 02/04/2014
Idade : 22
Localização : Canoas - Rio Grande do Sul

Ver perfil do usuário http://gamesmenezes.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cajado da Redenção - Capítulo 02

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum