Caçador do Vazio - Capítulo - 4 - Irmão Caçador.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Caçador do Vazio - Capítulo - 4 - Irmão Caçador.

Mensagem por Atryan Avsyuk em Dom Jul 20 2014, 20:07

     Senti meu corpo fraquejar, já tinha perdido muito sangue, estávamos a frente de um casa humana, com uma foto de um casal da porta, meu três amigos me ajudaram a andar, aquela ferida aberta doía de mais, e o tal Wallas me dava medo e eu ainda não confiava nele, afinal ele já foi humano.
 
- Acho que ele não esta em casa,, levem ele por quarto subindo as escadas, primeira porta a esquerda. - exclamou abrindo a porta com força. - Só tenha cuidado meu irmão não gosta de keidrans hehe.
 
     Em pouco tempo estava deitado numa cama, Wallas apareceu com um cristal de mana e a deu pra minha amiga lupina Alyra, olhei por meu peito ensanguentado, quase não doía mais por causa da hemorragia, as raposas que nem conhecia estava do lado de fora caladas...
 
- Isso vai doer Keny, me desculpe. - a loba lançou magia de cura em mim e um dor agonizante que queimava fechava o ferimento, num piscar de olhos era tarde, e um barulho de copos e madeira quebrando me alertou.
 
Eu andei devagar e cautelosamente, estava descendo as escadas sem camisa e com uma faixa enorme no peito, fiquei olhando sorrateiramente sentado das escadas de madeira, a casa de madeira  de carvalho era espaçosa, e uma lareira era rodeada de estantes e aqueciam haviam quatro sofás e duas poltronas que se destacavam, e acima da lareira uma armadura de aço estava emoldurada, duas pessoas estavam discutindo.
 
- Quem é você, sai da minha casa agora ! - era um humano alto e loiro que tinha desarmado Wallas e estava com uma espada em cada mão.
 
- Sou seu Wallas, eu não vou te machucar irmão. - o outro fez um olhar de ''prove''. - Eu fui padrinho do seu casamento eu tenho  o amuleto que me deu olhe. - ele pegou uma pedra branca que estava pendurada em seu pescoço.
 
- Mas disseram que você mexeu com magia negra, por isso que estão te caçando, mas eu sempre estarei ao teu lado meu irmão. - ele o abraçou. - Você ficou fera ein hehe.
 
- Se quiser, eu posso lhe dar metade do meu poder, claro que vai ser extremamente doloroso, e você sofrerá transformação. - o humano concordou. - Eu sou novo nisso então pode dar errado.
 
- Saiba que nenhuma dor vai superar a que eu sinto agora, nenhuma. - os dois ergueram as mãos, as tatuagens de Wallas clarearam, num tom que só a magia era capaz.
 
- Vamos começar, só me prometa que não vai morrer, e não se torne um monstro tá bem. - ele fechou os olhos e uma ventania incrível os rodeava, algumas partes das tatuagens se deslocaram e foram para a pele do humano.
 
     Era visível que aquilo estava queimando sua pele, pois onde aquela magia ia uma incandescência o acompanhava e a roupa queimava, quando foi a cabeça ela se moldou em forma de runas fascinantes, parte do cabelo dele esbranquiçou e caiu e deixando um tipo de moicano surreal, ele ficou muito parecido com o Wallas, ele então caiu forte no chão, e não se mexeu por alguns minutos, e quando eu ia sair dali.
 
- Bem acho que ele vai ficar legal, só precisa de um tempo... ou não. - o irmão recém transformado se levantou, as mãos dele estavam cobertas com uma manopla negra com veios vermelhos como obsidiana, e nas costas das mãos duas pedras azuis se moldavam.
     Wallas e ajudou a se sentar, e pegou a armadura logo a cima da lareira, e lançou magia na mesma, e a fez ficar muito igual a dele, só que muito mais resistente e pesada.
 
- Carther, aqui está sua armadura nova, olha nas suas costas tem runas de invocação, vamos ver qual arma vai sair. - ele puxou algo das costas de seu irmão.
 
    A armadura tinha os mesmos traços da de Wallas exceto pela capa que era mais longa, a arma era incrível, uma espada do tamanho de um homem com uma sinistra lâmina negra e nela rachaduras de magia vermelha a deixavam mais demoníaca, ele cheirou o ar e pegou a espada das mãos de Wallas, quando vi ele corria me minha direção, suas tatuagens negras se avermelharam.
 
- Ah ! keidran, morra. - seu irmão se teleportou a minha frente e parou-o. - Por que protege esse animal, foi um deles que matou minha alma, mataram Cayla.
 
     Wallas o abraçou, quando ele começou a chorar.
 
- Eu sei meu irmão mas, ele não tem culpa, não culpe ele pelo erro de outro, eu vi sua memória era um lobo branco não é ? Você pode se vingar dele a vontade, mas os outros não ta bem.
 
     Eu tinha caído de costas com o susto, e minha cauda estava doendo, eu olhava atento aso olhos brancos que me encaravam. - Ta certo, eu vou permitir por hora. -ele estralou todos os dedos. - Tem mais deles não é, eu sinto o cheiro.
 
- Você está bem keidran, me desculpe pelo meu irmão, a esposa dele morreu a pouquíssimo tempo, e ele é vingativo demais, espera... essas runas vão ser um problema. - ele ergueu meu queixo para olhar a coleira.- Três runas, eles devem ter usado a derivação neutra, só pode, vejamos uma de controle, uma de localização...
 
     O barulho de janelas quebrando nos assustou, os outros keidrans desceram rápido e o cheiro de fumaça me fazia tossir.
 
- Estão cercados ! saiam com as mãos para cima, se não vão queimar ai mesmo. - pela janela quebrada, tochas eram lançadas e incendiavam as paredes, lá fora um homem alto estava junto a dezenas de templários e de todas as janelas, a silhueta de outros soldados era visível.
 
     Wallas estava nos reunindo para teleportar, mas seu irmão correu para pegar a foto deles na escrivaninha ele se virou para nós e suas tatuagens se incandesceram tando que as manoplas pareciam ter lava nas rachaduras. - Vão sem mim ele gritou com uma voz dupla.
 


- Eu não vou te abandonar, keidrans se escondam, isso não vai acabar bem...


Última edição por Atryan Avsyuk em Sex Jul 25 2014, 11:36, editado 1 vez(es)

__________________________
Ouvi agora, filhos da neve, a uma lenda, há muito tempo,
E do conto, corajosamente, disse.


Quem é filho de tanto dragões e as raças dos homens,
Com um poder para rivalizar com o Sol,
E os Pergaminhos predisseram, de asas negras no frio,
Que quando os irmãos apostam guerra se desfralda,
Alduin, temor dos Reis, sombra anciã libertará,
Com fome para engolir o mundo.


Mas um dia irá surgir, quando as palavras do dragão negro,
Serão silenciadas para sempre e então,
Justa Skyrim, estará livre das vis presas de Alduin.
avatar
Atryan Avsyuk

Mensagens : 175
Data de inscrição : 25/06/2014
Idade : 19
Localização : Algarv

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caçador do Vazio - Capítulo - 4 - Irmão Caçador.

Mensagem por Atryan Avsyuk em Dom Jul 20 2014, 20:08

Vamos ver até onde isso vai dar...

__________________________
Ouvi agora, filhos da neve, a uma lenda, há muito tempo,
E do conto, corajosamente, disse.


Quem é filho de tanto dragões e as raças dos homens,
Com um poder para rivalizar com o Sol,
E os Pergaminhos predisseram, de asas negras no frio,
Que quando os irmãos apostam guerra se desfralda,
Alduin, temor dos Reis, sombra anciã libertará,
Com fome para engolir o mundo.


Mas um dia irá surgir, quando as palavras do dragão negro,
Serão silenciadas para sempre e então,
Justa Skyrim, estará livre das vis presas de Alduin.
avatar
Atryan Avsyuk

Mensagens : 175
Data de inscrição : 25/06/2014
Idade : 19
Localização : Algarv

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caçador do Vazio - Capítulo - 4 - Irmão Caçador.

Mensagem por OtakuCraft em Dom Jul 20 2014, 20:26

Se escondam debaixo da cama!- E morreram queimados.
kkk sqn. XD

Realmente interessante, apesar de ter uma falta de vírgulas. Até chorei por um tempo agora, de novo, sério, a cena dela morrendo... T-T

Ainda aguardo por mais. ^^... T-T

__________________________






Meu DA... passa lá. ;-;
avatar
OtakuCraft

Mensagens : 3449
Data de inscrição : 24/04/2014
Idade : 18
Localização : Tartarus

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caçador do Vazio - Capítulo - 4 - Irmão Caçador.

Mensagem por Tulyan em Seg Jul 21 2014, 01:00

Kara eu gostei demais, continue assim meu amigo você tem futuro no ramo dos escritores kkkk

__________________________
O Imortal dá mais valor ao tempo do que o mortal, o mortal se preocupa com o tempo que passa até sua morte
e o Imortal, se preocupa com o tempo que passará,
Sendo Feliz...


Mas nada está ábdito de minhas garras... Nada...
avatar
Tulyan

Mensagens : 2234
Data de inscrição : 14/07/2014
Localização : Atrás de você...

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caçador do Vazio - Capítulo - 4 - Irmão Caçador.

Mensagem por ninjastyled9tails em Ter Jul 22 2014, 17:18

Nossa véi... Imagina o próximo capitulo! Vai ser loco! A fic está D+ Atryan

__________________________
"Mais vale uma waifu na mão do que duas crush voando." - PizzamasterBR

   
avatar
ninjastyled9tails

Mensagens : 492
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 15
Localização : itaquaquecetuba-SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caçador do Vazio - Capítulo - 4 - Irmão Caçador.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum