Cajado da Redenção - Capítulo 09 - Confissão.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Cajado da Redenção - Capítulo 09 - Confissão.

Mensagem por Gamesmenezes em Qui Out 23 2014, 21:54

Bem, antes de tudo queria me desculpar por demorar tanto para escrever essa capítulo. Novamente estava com vontade mas sem ideias, então tive que fazer bem aos poucos. Então fiquem com o capítulo de hoje.

09 - Confissão.:
Enquanto Jéssica colocava suas coisas na mochila no segundo andar, Túlio estava procurando no porão algo que pudesse ser útil na viagem, enquanto pensava:

-(Pensamento) (Túlio): Agora, já não nos resta muito... Já não temos a quem recorrer. A única esperança é achar o cajado...

Em um momento ele se deu conta de que havia pego parte de garra de um rastel.

-(Pensamento): (Túlio): Isso me lembra... Vou levar, vai ser bom. Mas de nada adianta sem um cabo.

Ele continuou, logo que avistou, pegou uma pequena barra metálica retrátil.

-(Pensamento) (Túlio): Isso deve servir, se eu achar algo mais.

Continuando a vasculhar e se questiona.

-(Túlio): Por que estou fazendo isso? Pra em algum momento fingir felicidade? Não, não pense assim... É pra ter um pouco de conforto...

Ele achou um grande saco de batata formado por outros menores costurados que media 2m².

-(Pensamento) (Túlio): Perfeito, pelo menos vamos ter um acampamento melhor que das ultimas vezes. Espero que isso conforte um pouco Jéssica. Eu não quero a ver sofrendo mais do que já está.

Em fim, eles pegam tudo o que precisariam e saem da cidade.

-(Jéssica): Então, onde iremos?

-(Túlio): Primeiro iremos para Edinmire, em seguida vamos para Witchen e de la para o ninho de dragão em Brandon Wood.

-(Jéssica) Por que não vamos direto para Withen?

-(Túlio) Por que se o fizermos teremos que acampar mais para descansar, e é bem mais seguro descansar em cidades.

Eles iam pela estrada sul  em direção a Edinmire, já era noite, estrelas de prata brilhavam no céu, a lua cheia e dourada iluminava o chão. Ao menos iluminaria se não fosse pelo denso arvoredo. Em certo momento Jéssica pergunta ao rapaz que parecia triste, mais do que o comum.

-(Jéssica): Túlio, por que não fomos pela estrada ao norte?

Ele que já estava meio cabisbaixo e com um olhar fixo na estada pareceu não ouvir.

-(Jéssica): Túlio... Túlio?... (pega no braço ESQUERDO DE Túlio) Túlio!

Ele se assusta como se naquele meio tempo estivesse em um transe que acabara de ser interrompido.

-(Túlio): Ah...Jéssica, desculpe, eu... Eu... Eu não consigo parar de pensar, que tudo isso foi culpa minha. Se eu ao menos tivesse colaborado com meu pai. Se tivéssemos achado a cura... (Tira a espada parcialmente da bainha e enquanto caminhava olhava para a guarda da espada) Ou se ao menos tivesse tido a coragem de não causar problemas a mais ninguém... Nada disso teria acontecido, a você e nem a sua família. (Coloca a espada inteiramente de volta na bainha).

-(Jéssica): NÃO DIGA ISSO! Mesmo que tivesse colaborado com seu pai, todo levaria ao cajado, você mesmo disse que era a ultima esperança. Do mesmo jeito nossos caminhos se cruzariam. E se você tivesse se matado, eu provavelmente estaria morta agora. Ou talvez, presa e servindo como escrava.

-(Túlio): É verdade, obrigado, por me mostrar a verdade... De novo. (Suspiro) Bem, já está tarde, vamos acampar.

Eles se afastaram um pouco da estrada indo ao norte e montaram acampamento em uma clareira. Mal havia grama no chão, ao invés disso havia varias folhas secas e caídas das arvores. Para que as chamas da fogueira não queimassem as folhas Túlio as juntou em um monte distante dela com o rastel que havia pego na casa de Valter. Os dois estavam sentados em frente a fogueira.

-(Túlio): Obrigado...

-(Jéssica): Ahm, pelo que?

-(Túlio): Antes de te conhecer realmente, já estava perdendo as esperanças. Se você não tivesse escolhido vir comigo viajar, provavelmente já teria perdido de vez a esperança, entrado em depressão e me matado para não causar incomodo a mias ninguém sem motivo.

-(Léssica): Túlio, por que está me dizendo isso?

-(Bernardo): Eu poderia dizer que só quero te agradecer, mas não é só isso... Você sempre foi sincera comigo, me mostrou a verdade nua e crua quando preciso. Você é alguém adorável.  E estou dizendo tudo isso porque, acho que tanto tempo acreditando que as pessoas morriam porque eu as amava que esqueci como dizer “eu te amo”...

Jade olhava para ele um pouco envergonhada.

-(Jade): Bernardo, você realmente está dizendo que...

Túlio olhava para ela de volta com um sorriso tímido no rosto e seus olhos lacrimejando quase chorando.

-(Túlio): Sim, estou... E estou feliz de te dizer isso...

Diz ele deixando sair o choro no final. Repentinamente ele a abraça a causando espanto. E diz chorando:

-(Túlio): Tudo o que importa agora, é seu bem estar e felicidade. (Respira fundo) Eu quero te ver bem, eu quero te fazer feliz.

Jéssica põe as mãos nos braços de Túlio, o agarra e afasta dela até que pudessem fuçar face a face por fim o soltando. Túlio ainda chorando diz:

-(Túlio): Jéssica- ?

Ela o interrompe colocando as mãos em seu rosto e o puxando para um beijo. Isso o assusta no primeiro instante, mas ele relaxa, se desfaz do choro e desfruta daquele precioso memento que temia não ter futuramente a oportunidade de vivenciar coisa igual.

Ao termino do beijo, Jéssica o afasta um pouco de si lhe perguntando preocupada:

-(Jéssica): Túlio, o que houve? Eu nunca te vi agir assim.

-(Túlio): É que, depois de tudo o que passamos, e do que disse a pouco... Sinto como se finalmente, pudesse ser para alguém quem um dia já fui. Eu não era tão sério, nem tão “durão”. Não antes da morte de meu pai.

-(Jéssica): E você quer voltar a ser a pessoa que era, não é? Então por que não mudou sua atitude antes?

-(Túlio): Por que eu estava tão cego pela minha busca por redenção, que não percebi o quanto mudei com o tempo.

-(Jéssica): E por que você quer mudar agora? E por que está me dizendo isso?

-(Túlio): Por que quero ser tão feliz quanto antes da morte de meu pai. E por que só poderei ser se me responder algo.

-(Jéssica): E o que é?

-(Túlio): Você me ama?

-(Jéssica): Túlio, já não está claro para você? O que eu acabei de fazer não significou nada?

-(Túlio): Claro que significou algo e foi muito...

-(Jéssica): Então por que perguntar?

-(Túlio): Apenas para ter o prazer de te ouvir dizer “sim”...

-(Jéssica): Então se é o que quer ouvir. Sim, eu te amo.

Os dois se abraçaram pro alguns segundos. Desfeito o abraço, repara-se que não há mais lenha, porem o fogo continuava alto a iluminar a clareira. Túlio então montou a cabana o quanto antes de o fogo reduzir-se a cinzas e chamou Jéssica. Os dois se deitaram, mas túlio não parecia confortável. Ele se mexia procurando uma maneira confortável de pegar no sono. É então que ele se levanta Jéssica que também estava acordada e sentia o mesmo desconforto repara e o pergunta:

-(Jéssica): Túlio, o que houve? Aonde vai?

Ele pegando o saco de batata na mochila responde:

-(Túlio): Vou dar um jeito de podermos dormir bem.

Ele então sai da barraca e logo volta com o saco de batata preenchido com o monte de folhas que havia amontoado antes de fazer a fogueira.

-(Túlio): Se levanta.

Ela o faz e o pergunta.

-(Jéssica): Pra que isso?

Estendendo o saco com o cuidado de não deixar o conteúdo sair ele responde sorridente:

-(Túlio): Vamos usar como um colchão.

-(Jéssica): Legal, mas por que está sorrindo assim?

Colocando o tecido ao qual haviam se deitado anteriormente sobre o saco ele responde:

-(Túlio): É que isso me faz lembrar o meu pai. Ele me ensinou a fazer isso, mês ensinou quase tudo.

Os dois por fim se deitam e por fim conseguem dormir.
Fim de Capítulo.

Nota: Para quem não sabe meu nome real é Bernardo.
"Pq eu disse isso"? Leia o capítulo.


Última edição por Gamesmenezes em Seg Dez 07 2015, 16:28, editado 2 vez(es)
avatar
Gamesmenezes

Mensagens : 2043
Data de inscrição : 02/04/2014
Idade : 22
Localização : Canoas - Rio Grande do Sul

Ver perfil do usuário http://gamesmenezes.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cajado da Redenção - Capítulo 09 - Confissão.

Mensagem por Giovana TK em Qui Out 23 2014, 22:29

Wow...wow. isso foi... no minimo impactante. E fofo tambem X3
Taum bunitinhu! A fic esta ficando cada vez melhor GM. Continue assim!

__________________________
Enaria's Theme- by me:
Run,
Run away,
Because the rain wont last,
Never looking back,
The past is in the past.


Dont shout out,
When nobody will hear or see,
Howl your last song to the moon,
And your spirit will fly wild and free,


You shall never cry,
For the Sun going down,
The stars do also shine,
So rest and dream for now,
I will be guarding you,
Tomorrow's Silver Dawn.


DeviantArt: http://gi-wolf.deviantart.com

avatar
Giovana TK

Mensagens : 4279
Data de inscrição : 13/02/2014
Idade : 18
Localização : No meu amado navio, o Kraken's Death.

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cajado da Redenção - Capítulo 09 - Confissão.

Mensagem por OtakuCraft em Qui Out 23 2014, 23:01

Impressão minha ou houve uma referência, hein? kkk Até percebi antes do aviso.

E sim, foi romantiku e phofu! I laike dati.

Ainda aguardo por mais. ^^

__________________________






Meu DA... passa lá. ;-;
avatar
OtakuCraft

Mensagens : 3466
Data de inscrição : 24/04/2014
Idade : 18
Localização : Tartarus

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cajado da Redenção - Capítulo 09 - Confissão.

Mensagem por Karyan em Qui Out 23 2014, 23:56

Isso e bonitunhu kkkk gostei muito do teu conto ( fic ), apesar do meu gosto por batalhas e pancadaria... so n sei por q do nada os nomes mudaram... acho q e treta antes da minha chegada
avatar
Karyan

Mensagens : 22
Data de inscrição : 18/10/2014
Idade : 19
Localização : Plano Vazio

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cajado da Redenção - Capítulo 09 - Confissão.

Mensagem por Gamesmenezes em Qui Out 23 2014, 23:58

@Karyan escreveu:Isso e bonitunhu kkkk gostei muito do teu conto ( fic ), apesar do meu gosto por batalhas e pancadaria... so n sei por q do nada os nomes mudaram... acho q e treta antes da minha chegada

A resposta para sua duvida é este tópico.
http://tkbr.criarforum.com.pt/t331-estoy-enamorado-y-tua-amor-me-hace-grande


Última edição por Gamesmenezes em Sex Out 24 2014, 00:30, editado 1 vez(es)
avatar
Gamesmenezes

Mensagens : 2043
Data de inscrição : 02/04/2014
Idade : 22
Localização : Canoas - Rio Grande do Sul

Ver perfil do usuário http://gamesmenezes.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cajado da Redenção - Capítulo 09 - Confissão.

Mensagem por Atryan em Sex Out 24 2014, 00:29

Kara... eu to com vontade de fazer uma fic... diferente do normal... com todo mundo do forum... so q mais digamos... atual... vou escrever um pouco e se ficar legal... eu posto... e caso eu use vcs como o Tuly fez vcs me autorizam?

__________________________
SANGUE!
Cheiro, quero, dor... PRECISO!
Caos! PERTO!
Eu cavalgo. ATROPELO!
Matar! MAIS!

Batalha, conforto.
Lutar, onde?
Fraqueza, nunca.
Amor, por mim, Guerra.

https://youtu.be/FTN87eD3Skc
avatar
Atryan

Mensagens : 380
Data de inscrição : 06/07/2014
Localização : Em sua alma...

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cajado da Redenção - Capítulo 09 - Confissão.

Mensagem por Gamesmenezes em Sex Out 24 2014, 00:30

por mim está autorizado Smile
avatar
Gamesmenezes

Mensagens : 2043
Data de inscrição : 02/04/2014
Idade : 22
Localização : Canoas - Rio Grande do Sul

Ver perfil do usuário http://gamesmenezes.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cajado da Redenção - Capítulo 09 - Confissão.

Mensagem por Giovana TK em Sex Out 24 2014, 07:29

Autorisação concedida! So visite meu deviant pra ver minhas novas cores! XD

__________________________
Enaria's Theme- by me:
Run,
Run away,
Because the rain wont last,
Never looking back,
The past is in the past.


Dont shout out,
When nobody will hear or see,
Howl your last song to the moon,
And your spirit will fly wild and free,


You shall never cry,
For the Sun going down,
The stars do also shine,
So rest and dream for now,
I will be guarding you,
Tomorrow's Silver Dawn.


DeviantArt: http://gi-wolf.deviantart.com

avatar
Giovana TK

Mensagens : 4279
Data de inscrição : 13/02/2014
Idade : 18
Localização : No meu amado navio, o Kraken's Death.

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cajado da Redenção - Capítulo 09 - Confissão.

Mensagem por OtakuCraft em Sex Out 24 2014, 09:08

Por mim tudo bem.
Se bem que estou com vontade de fazer uma história...
Não, pera, já estou. '-'

__________________________






Meu DA... passa lá. ;-;
avatar
OtakuCraft

Mensagens : 3466
Data de inscrição : 24/04/2014
Idade : 18
Localização : Tartarus

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cajado da Redenção - Capítulo 09 - Confissão.

Mensagem por Tulyan em Sex Out 24 2014, 11:12

O..O Guerra... vai pausar mesmo a outra fic? E pelo q ja espionei vc escrevendo.... vai ficar legal d+, e eu tenho a ficha de todo mundo, dai te dou um help mas sem spoilers...

E Gm... fic linda e kawai, mas concordo com o Furia quando digo... kd porrada kkk, eu quero sangue, pancadaria, morte kkl e q esses dois fiquem juntos ate eu os separar kkkkkk

__________________________
O Imortal dá mais valor ao tempo do que o mortal, o mortal se preocupa com o tempo que passa até sua morte
e o Imortal, se preocupa com o tempo que passará,
Sendo Feliz...


Mas nada está ábdito de minhas garras... Nada...
avatar
Tulyan

Mensagens : 2253
Data de inscrição : 14/07/2014
Localização : Atrás de você...

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cajado da Redenção - Capítulo 09 - Confissão.

Mensagem por Gamesmenezes em Sex Out 24 2014, 12:55

Então vc quer batalhas não é? Sendo assim... Eu vo encher a fic de coisas kawaii, começando por fazer os dois adotarem uma criança tigre que se perdeu perto da fronteira e não larga da bola de lã dele XD.

Agora falando sério, pretendo colocar batalhas na fic, mas isso vai demorar.
avatar
Gamesmenezes

Mensagens : 2043
Data de inscrição : 02/04/2014
Idade : 22
Localização : Canoas - Rio Grande do Sul

Ver perfil do usuário http://gamesmenezes.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cajado da Redenção - Capítulo 09 - Confissão.

Mensagem por TFFalcon3 em Sex Out 24 2014, 16:55

@Atryan escreveu:Kara... eu to com vontade de fazer uma fic... diferente do normal... com todo mundo do forum... so q mais digamos... atual... vou escrever um pouco e se ficar legal... eu posto... e caso eu use vcs como o Tuly fez vcs me autorizam?
eu tbm autorizo!

__________________________

Never Give Up:



Canção de meu personagem: (em andamento):





Atualização em andamento... 1... 2... 3... 1... 2... 3...
avatar
TFFalcon3

Mensagens : 4501
Data de inscrição : 13/02/2014
Idade : 17
Localização : Na minha casa ¶=

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cajado da Redenção - Capítulo 09 - Confissão.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum