[Não-TK] [Original] O Conto - de Bernardo Menezes - Capítulo 03 e sobre os projetos relacionados.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Não-TK] [Original] O Conto - de Bernardo Menezes - Capítulo 03 e sobre os projetos relacionados.

Mensagem por Gamesmenezes em Dom Fev 22 2015, 17:12

Bem, aqui está o capítulo 3 da estória. Esse será o ultimo capítulo que postarei aqui pois, esse é o ultimo em versão digital e não pretendo continuar reescrevendo por enquanto. Motivos: Ja ta meio complicado escrever 2 fics ao mesmo tempo, manter a rotina do meu canal do youtube, organizar, gravar e editar o TKCast e ainda balancear isso com a faculdade que acabou de começar. Então se eu começar a reescrever agora acho que não vou dar conta de tudo. Então fica ai o capítulo 3 como aperitivo do que virá quando eu iniciar meu mangá e de bônus vou contar sobre os dois projetos que citei anteriormente.

Spoiler:
3

Narrador: O jovem gritava.

Sen: (gritando) Por favor, alguém abra a porta!

Narrador: Yoko rapidamente abriu a porta, estava nevando e o vento do lado de fora era muito forte. O rapaz caio pra dentro da casa entes que pudesse falar algo. Seus cabelos longos, loiros e embaraçados iam até os ombros, tirando seu rosto do piso revelava seus olhos, um era azul e o outro puro fogo. Rapidamente Nie pensou:

Nie: (Surpreso) Não pode ser, será que a aura da fúria o escolheu também?!

Yoko: (Preocupada) O que aconteceu, qual seu nome?

Sem: (Desesperado e triste) Eu não lembro, não lembro de nada, nem de meu nome!

Nie: (Serio) Acalme-as rapaz, só assim poderá se lembrar.

Narrador: Alguns minutos se passaram.

Yoko: (Com atitude) Bem, não resolveremos nada de cabeça quente. Vamos dormir, como posso chamar você?

Sem: Sen, me chame de Sen.

Nie: (sério) “Sen”, um nome pouco comum, mas serve.

Yoko: Certo Sem, seu quarto é a primeira porta a direita, Nie... (interrompida)

Nie: (sério) Vou ficar bem aqui, não me importo de dormir no chão.

Yoko: Tem certeza? Não vai ficar desconfortável?

Nie: (sério) Depois das noites de inverno la fora, isso aqui é luxo.

Yoko: (sutilmente surpresa) Tudo bem então...

Narrador: Pela madrugada Nie acordou. Não havia mais vento.

Nie: (sério) Quando achei que teria respostas, surgiram mais duvidas.

Narrador: Ele saio e foi até a campina.

Nie: (sério) Gabriel, preciso saber, por que me ajudou?

Gabriel: Ainda não lhe ajudei Nie, apenas o julguei.

Nie: Ambos sabemos que pecados capitais não tem perdão e que mentir também é pecado.

Gabriel: Certo, eu tenho meus motivos. Mas isso não importa. A final temos trabalho a fazer.

Nie: (sério) Certo, mas qual o primeiro passo?

Gabriel: Bem, primeiro você deve voltar a ser humano, pra isso precisara de um certo artefato.

Nie: (sério) e onde encontro isso?

Gabriel: Vamos com calma, você deve descansar, pela manhã guiarei teu caminho.

Nie: (sério) Certo, mas antes tenho... Uma coisa a fazer.

Narrador: Diante a luz da lua ele soltou um belo uivo.

Gabriel: Nie, por que louva a lua?

Nie: (sério) Embora saiba que nasci humano, me sinto tentado a abraçar essa natureza.

Narrador: Nie voltou para a casa de Yoko, pelo amanhecer ele estava caçando. Ele avistou sua próxima presa, sem se importar com o que era, ele partiu para cima, com uma profunda mordida no pescoço ele a matou. Mas estranhou uma coisa e se afastou até perceber...

Nie: (Desesperado e triste) Não. O que eu fiz? Eu não queria, não você...

Narrador: Nie acorda soltando um longo grito:

Nie: (Gritando desesperado de medo e tristesa) YOKO!!!!!!!!!!

Narrador: Yoko e Sen logo correram em direção a sala saindo de seus quartos.

Yoko: (Assustada e preocupada) Nie, o que foi?

Nie: (Ofegante) Foi só um sonho, não, um pesadelo...

Sen: Um pesadelo? Parecia bem mais do que isso.

Nie: (levemente ofegante) Foi muito real. Mas de qualquer forma, melhor esquecer.

Narrador: Duas horas se passaram. Nie estava sentado em um canto da varanda, Sen do lado da porta e Yoko Cuidando da horta atrás da casa. Quando Gabriel falou:

Gabriel: Nie, é chegada a hora...

Narrador: Logo Yoko correu para a varanda perguntando:

Yoko: Que voz é essa?

Nie: É o Arcanjo Gabriel aquele de quem falei. Então Gabriel, onde esta o artefato?

Gabriel: Fica nas montanhas de leste de reino, creio que seja difícil chegar la sem um mapa.

Yoko: Espera um pouco...

Narrador: Yoko correu para dentro de casa e começou a revirar um baú em seu quarto. Logo ela voltou em um rolo de papel amarelado enorme. Ela estendeu o rolo revelando que se tratava de um mapa do reino.

Nie: (muito surpreso) Uau, um mapa!

Sen: (Estranhando) Nunca viu um?

Nie: (Animado) Já vi sim, mas a uns 10 anos atrás. Onde arranjou isso Yoko?

Yoko: Meu pai trabalhava levando pessoas de província em província com sua carruagem.

Narrador: Yoko tinha consigo uma pena, um tinteiro e uma pena. Com ela marcou um circulo na província central entre a capital da mesma, a floresta e um lago, dizendo:

Yoko: Estamos bem aqui...

Gabriel: O objetivo esta nas montanhas, na divisa entre as duas províncias do leste.

Narrador: Yoko logo marcou o lugar com uma cruz.

Nie: Obrigado, Gabriel. Agora só preciso ir.

Narrador: Logo Nie começou a andar.

Sen: Ei, você esta com pressa, não é?

Nie: Quanto mais rápido voltar a ser humano melhor. Mas como sabe?

Sen: Bem, a não ser que você tenha o caminho memorizado, você esqueceu o mapa.

Nie: (um pouco estressado) Droga, não queria envolver mais ninguém nisso... Sen, quer vir junto?

Sen: Claro, além de te ajudar, essa é uma oportunidade de lembrar de algo.

Yoko: (com atitude) Ei, esperem ai vocês dois! Não da pra chegar até lá em apenas um dia.

Narrador: Alguns minutos depois Yoko entrega a eles uma mochila, enrolados nela com cordas alguns cabos de madeira, dois tecidos de lona e um colchonete feito com couro e pelo.

Nie: (apressado e sério) Certo, tudo pronto, vamos.

Narrador: Finalmente os dois começaram a viagem em busca do tal artefato. Não demorou para que Sen começasse a falar.

Sen: Sabe Nie, pode parecer estranho, mas sinto como se já te conhecesse antes. Mas isso não faz sentido... Digo, se eu te conheci você deveria me conhecer.

Nie: (sério) Talvez eu apenas te faça lembrar alguém que você conheceu. Ou tenhamos nos encontrado outra vez...

Sen: Sim, talvez quando você era humano.

Nie: (sério) Yoko lhe contou?

Sen: Sim, mas o que me intriga é: Como você se adaptou tão rápido a vida como lobo?

Nie: (adivinha, olha que surpresa, sério de novo) Eu não me lembrava de nada, só segui meus instintos.

Narrador: Nie reparava que estavam se aproximando de um vilarejo. Ele podia ver a muralha da cidade, que era feita por troncos. Com torres por traz da mesma.

Nie: (sério) Ei, melhor darmos a volta na cidade, posso acabar causando um alvoroço só de ser visto.

Sen: Acho que não Nie, acho que eles apenas estranhariam um lobo andando ao lado de alguém.

Nie: (sério) É, mas pelo sim ou pelo não, melhor eu ficarmos longe.

Narrador: Já longe da cidade ao anoitecer eles montaram acampamento na beira da estrada. E sobre a luz da fogueira conversaram.

Sen: Nie, você ainda teme a morte?

Nie: (sério e um pouco triste) Mas é claro que sim. Embora eu saiba que ela chega para todos e já ter passado por isso, ainda tenho medo de morrer.

Sen: Mas por que se já sabe como é a vida depois da morte?

Nie: (sério e um pouco triste) Porque não senti sinceridade nas palavras de Gabriel, não sei se posso confiar no que ele me disse. Afinal mortos devem continuar mortos, ele deveria encarregar outro para essa missão.

Sen: Pensei que não tinha medo, mas e sues demais.

Nie: (triste) Muitos deles nasceram quando me lembrei de meus momentos de cansaço na solidão. Perder aqueles que quero bem e acabar me perdendo novamente na nevasca que é a solidão, sofrer por mim mesmo e não e pelos outros, e principalmente me sentir culpado por algo que sei que não sou.

Narrador: Na manhã seguinte, ele novamente como humano estava correndo em meio a um grande gramado, quando se depara com um penhasco. Havia alguém se segurando na ponta do mesmo, era a mãe dele, sem demora, Nie se pôs no chão e segurou firmemente o braço dela. Mas, já era tarde demais, a mão dela já estava soada e escorregadia, por mais firme que ele segurasse, ele não pode evitar que eventualmente sua mãe escorregasse caindo na escuridão do possível fundo do abismo. Logo a imagem daquele lugar se tornou a imagem de uma caverna que desde o chão até seu topo era feita de puro gelo. E uma grande dor atingia seu peito fazendo ele gritar de dor. Se culpando ele agachado começou a esmurrar o gelo do solo gritando só:

Nie: (Gritando enfurecido e chorando) Fraco! Você não teve forças pra ajudar sua família! Se pelo menos não pode ajudar, que se juntasse a ela na morte!

Narrador: Ele continuou batendo no gelo até quebrar e cair na agua. Felizmente, se tratava de um pesadelo.

Nie: (Ofegante) Quando isso vai acabar?

Fim de capitulo.

Agora os projetos, que acabei de me lembrar que são 3 e não 2.

1 - Diario da lua cheia:
Esse é o que menos estava relacionado com a estória de Nie, para falar a verdade se passaria no mesmo universo mas eu não colocaria nem um elemento que evidenciasse isso.

Esse projeto seria uma estória escrita em forma de diário de um lobisomem que morava em um zona rural, contando desde sua primeira transformação descontrolada aos 13 anos até se mudar para uma região metropolitana. Nesse meio tempo ele aprenderia a controlar suas transformações, faria vestimentas especificamente para a forma de lobisomem e abusar dessa forma para aprontar umas tretas por ai e/ou ajudar seus amigos que sabiam do segredo dele.

2 - 4 Metamorfos:
Esse projeto ja teria ligação explicita (para quem acompanho o projeto principal até certo ponto) com o projeto principal (projeto principal = estória que pretendo tornar meu mangá)

Basicamente no colégio (estilo de filme americano, que a escola tem uma área poliesportiva e vestiários)  encontram um pergaminho antigo, dele recebem poder de metamorfose e a mensagem de uma fantasma. Esses amigos usariam e abusariam desse poder para zuar por ai.
Um exemplo de uso sem vergonha desse poder seria o seguinte (que inclusive seria uma das primeiras cenas do primeiro capítulo): "É aula de educação física, os quatro dão um jeito sair  da vista de todos, viram 4 joão-de-barro e ficam na bancada conversando e observando. Não se contentando em ser folgado um deles ao ouvir o sinal de final de período fala: 'Bem, to indo'. outro pergunta: 'Indo? Mas aonde?'. E o primeiro responde: 'Pra janela do vestiário feminino, é claro'. E sai voando.

Que foi? O personagem é lazarento mesmo. Não olha assim pra mim XD.

3 - Metamorfoses Abulantes:
Bem, o titulo como podem perceber é sim uma referencia à musica do Raul Seixas.
Esse projeto também teria ligação exposta com o projeto principal.

Basicamente, uma série de pessoas tem um gene especial no corpo, o protagonista é uma dessas pessoas. Ele se voluntarisa para ser cobaia de um experimento neurológico da empresa onde trabalha em troca de uma grana extra. Mas acontece que acidentalmente esse experimento ativou o gene especial que faz com que a pessoa se transforme parcial ou completamente a um animal correspondente a sua personalidade (no caso dele um lobo). Essa transformação pode ser controla. Após um amigo dele o levar para casa e o mantém la até que voltasse ao normal. O protagonista então segue sua vida quase normalmente aprendendo a se transformar e destransformar. Até o momento que ele acha uma amiga de infância que coincidentemente também portava o gene e o contato de quem ja tinha o gene ativado ativaria na hora o gene do outro. Ela era uma raposa (sim os dois formariam o par romântico clichê, lobo e raposa) Dai acontece que eles vão encontrando mais portadores do gene e vão todos se juntando para se ajudar mutuamente na busca do domínio da transformação. Claro, sempre teria um ou outo desgraçado que abusaria do gene pra fazer merda.

Bem, não sei se vocês notaram. Mas em TODAS as estórias que escrevo tem uma característica em comum. Alguém percebeu qual é?

__________________________

→ Segundo tradutor da comic.
→ Escritor de 3 fan-fics.
→ Pixel-Arter.
→ Teórico.
E de vez em quando tradutor de minikinds.
avatar
Gamesmenezes

Mensagens : 2030
Data de inscrição : 02/04/2014
Idade : 22
Localização : Canoas - Rio Grande do Sul

Ver perfil do usuário http://gamesmenezes.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Não-TK] [Original] O Conto - de Bernardo Menezes - Capítulo 03 e sobre os projetos relacionados.

Mensagem por Tulyan em Dom Fev 22 2015, 17:28

Você trata de mudança, seja física ou mental, poderia estar relacionada a um trauma decorrente de perda ou abandono no qual o individuo, até mesmo você, teve que mudar para adaptar-se em um meio ou ideia. Mas é só teoria, e sim eu sou psicólogo...

Ah e uma coisa que notei, vc n mudou na assinatura q agora são 3 fans fic U..U, e si meu tmbn sou observador...

Quanto a fic, bem está meio confuso de entender tudo certinho, mas creio que nada tão grave, espero o próximo com voracidade e que talvez Eu apareça por ai n hihihihihihihi...

__________________________
O Imortal dá mais valor ao tempo do que o mortal, o mortal se preocupa com o tempo que passa até sua morte
e o Imortal, se preocupa com o tempo que passará,
Sendo Feliz...


Mas nada está ábdito de minhas garras... Nada...
avatar
Tulyan

Mensagens : 2251
Data de inscrição : 14/07/2014
Localização : Atrás de você...

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Não-TK] [Original] O Conto - de Bernardo Menezes - Capítulo 03 e sobre os projetos relacionados.

Mensagem por Gamesmenezes em Dom Fev 22 2015, 17:50

A característica vc acertou, mas sua teoria não se aplica.

Quanto a assinatura, não mudei pois por hora não continuares escrevendo projeto mangá até terminar uma das outras fics.

diz ai em que ponto está confuso que eu posso explicar se não for spoiler. Quanto ao próximo capítulo, parece que você não leu o primeiro texto do tópico.

__________________________

→ Segundo tradutor da comic.
→ Escritor de 3 fan-fics.
→ Pixel-Arter.
→ Teórico.
E de vez em quando tradutor de minikinds.
avatar
Gamesmenezes

Mensagens : 2030
Data de inscrição : 02/04/2014
Idade : 22
Localização : Canoas - Rio Grande do Sul

Ver perfil do usuário http://gamesmenezes.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Não-TK] [Original] O Conto - de Bernardo Menezes - Capítulo 03 e sobre os projetos relacionados.

Mensagem por OtakuCraft em Seg Fev 23 2015, 13:25

Bem, além da mudança como igualdade das ideias, tem lobo pra tudo. '-'

E eu ri nessa cena:
"Yoko tinha consigo uma pena, um tinteiro e uma pena."
Não só uma pena, mas como DUAS penas! Isso que é eficiência. -.-
XD

Bem, os projetos são bons, lembram alguns filmes que eu vi um longo tempo atrás. Além de que espero o mangá começar. Wink

__________________________






Meu DA... passa lá. ;-;
avatar
OtakuCraft

Mensagens : 3459
Data de inscrição : 24/04/2014
Idade : 18
Localização : Tartarus

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Não-TK] [Original] O Conto - de Bernardo Menezes - Capítulo 03 e sobre os projetos relacionados.

Mensagem por Gamesmenezes em Seg Fev 23 2015, 14:59

Nossa, eu escrevi sobre a pena duas vezes, e teve que alguem vir dizer isso pra eu perceber XD. Pelo menos tenho a desculpa de que isso foi escrito a 4 anos atras XD.

__________________________

→ Segundo tradutor da comic.
→ Escritor de 3 fan-fics.
→ Pixel-Arter.
→ Teórico.
E de vez em quando tradutor de minikinds.
avatar
Gamesmenezes

Mensagens : 2030
Data de inscrição : 02/04/2014
Idade : 22
Localização : Canoas - Rio Grande do Sul

Ver perfil do usuário http://gamesmenezes.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Não-TK] [Original] O Conto - de Bernardo Menezes - Capítulo 03 e sobre os projetos relacionados.

Mensagem por Gamesmenezes em Seg Fev 23 2015, 15:03

ah, Otaku, pode dizer o nome dos filmes? Se meus projetos antigos lembram esses filmes então quero ver, pois eu sempre tentei fazer coisas que nunca tinha visto em filmes.

__________________________

→ Segundo tradutor da comic.
→ Escritor de 3 fan-fics.
→ Pixel-Arter.
→ Teórico.
E de vez em quando tradutor de minikinds.
avatar
Gamesmenezes

Mensagens : 2030
Data de inscrição : 02/04/2014
Idade : 22
Localização : Canoas - Rio Grande do Sul

Ver perfil do usuário http://gamesmenezes.deviantart.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Não-TK] [Original] O Conto - de Bernardo Menezes - Capítulo 03 e sobre os projetos relacionados.

Mensagem por OtakuCraft em Seg Fev 23 2015, 15:09

É ai que está, eu me lembro dos filmes um pouco, boa cenas sobre, mas eu nunca prestei atenção nos nomes, eu era criança quando vi esses. Desculpa. :v

__________________________






Meu DA... passa lá. ;-;
avatar
OtakuCraft

Mensagens : 3459
Data de inscrição : 24/04/2014
Idade : 18
Localização : Tartarus

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Não-TK] [Original] O Conto - de Bernardo Menezes - Capítulo 03 e sobre os projetos relacionados.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum